Espólios
ARNOSO, 1º Conde de, 1855-1911
BNP Esp. E32
Carta régia nomeando o Conde de Arnoso Oficial da Real Ordem Militar de S. Bento de Aviz, 1902 BNP Esp. E32/4713
Carta régia nomeando o Conde de Arnoso Oficial da Real Ordem Militar de S. Bento de Aviz, 1902
BNP Esp. E32/4713

Bernardo Pinheiro Corrêa de Mello, foi oficial de Engenharia e secretário particular do rei D. Carlos, lugar privilegiado de observação e participação dos eventos políticos e sociais que marcaram a passagem do século XIX para o XX. Contemporâneo e amigo de alguns dos principais vultos da Geração de 70, integrou o grupo dos Vencidos da Vida. Monárquico convicto e membro da Câmara dos Pares intervém contra o regicídio. Esses discursos foram reunidos sob o título Justiça! Publica ainda alguns contos, nomeadamente Azulejos, prefaciado por Eça de Queirós, de quem adapta, em colaboração com Alberto de Oliveira, o Suave Milagre. Ensaia o género dramático e o relato de viagens.

O espólio (29 cx.: 4761 docs.) é constituído por manuscritos do Autor, nomeadamente os discursos pronunciados na Câmara dos Pares, textos publicados na imprensa, ficção e desenhos, vasta correspondência, documentos biográficos, fotografias, arquivo de imprensa, manuscritos e correspondência de terceiros.

Doado pelos herdeiros, representados pelos Srs. Bernardo Pinheiro de Melo e D. Manuel de Souza e Holstein-Beck, em Julho de 1998.

Instrumento(s) de Pesquisa:
Inventário
© 2004 Biblioteca Nacional de Portugal. Actualizado a 2003/12/09