Assinatura do autor
Espólios
CORTESÃO, Jaime, 1884-1960
BNP Esp. E25
Memórias da grande guerra, de Jaime Cortesão, [1919]. BNP Esp. E25/17
Memórias da grande guerra,
de Jaime Cortesão, [1919].
BNP Esp. E25/17
Polígrafo eminente, Jaime Zuzarte Cortesão legou à cultura portuguesa uma vasta obra, repartida entre a literatura (poesia, conto, drama) e a história (portuguesa e brasileira), passando pela arte e a intervenção cívica de que se tornou uma das mais representativas figuras nos anos 20-30 ao lado de António Sérgio e Raul Proença (Grupo da Seara Nova). Banido de Portugal em 1940, dedicou-se ao estudo da história da colonização portuguesa do Brasil, de que se tornou um dos principais especialistas até ao regresso definitivo a Portugal em 1957. Foi director da Biblioteca Nacional entre 1919 e 1927.

O espólio (54 cx.: 3132 docs.) contém vários ensaios (éditos e inéditos) de interpretação histórica, poesia esparsa, textos de intervenção, correspondência, sobretudo recebida e de terceiros, documentos biográficos, fotografias, recortes de imprensa e alguns manuscritos de terceiros.

Comprado pela Secretaria de Estado da Cultura (IPLL) à Srª Dª Carolina Zuzarte Cortesão em 1985 e incorporado no ACPC em Outubro de 1991. Em 2002 foi adquirido, por compra aos herdeiros, mais um lote de documentação.

Instrumento(s) de Pesquisa:
Inventário parcial
Base de dados parcial
© 2004 Biblioteca Nacional de Portugal. Actualizado a 2004-05-08