Depósitos
RIBEIRO, Aquilino, 1885-1963
BNP Esp. D11
Quando ao gavião cai a pena, Aquilino Ribeiro, post. 1935 BNP Esp. D11/cx. 102
Quando ao gavião cai a pena,
Aquilino Ribeiro, post. 1935
BNP Esp. D11/cx. 102
Ficcionista, ensaísta, cronista, crítico literário, autor de livros de memórias, de biografias, de livros infantis, de estudos etnológicos e históricos, tradutor e jornalista, Aquilino Gomes Ribeiro é considerado por alguns especialistas o melhor prosador português do século XX. Tem vasta colaboração na imprensa periódica, iniciada, em 1906, na Vanguarda. Integrou os chamados Grupo da Seara Nova, revista de que é um dos fundadores, e o Grupo da Biblioteca. Foi sócio-correspondente da Academia Real das Ciências e o 1º presidente da Sociedade Portuguesa de Escritores. Colaborou na edição do Guia de Portugal. Republicano e activo militante contra a ditadura é forçado ao exílio por duas vezes (1908 e 1928) e, em 1959, após a edição de Quando os Lobos Uivam, é alvo de um processo com pronúncia e mandado de captura.

O espólio (138 cx.) é constituído por grande parte dos seus manuscritos, em várias versões, correspondência recebida, vasto arquivo de imprensa e documentos biográficos.

Propriedade da Fundação Aquilino Ribeiro, está na BN em depósito para tratamento documental desde Janeiro de 2000. Com reserva de consulta.
Instrumento(s) de Pesquisa:
Guia preliminar
Base de dados parcial (correspondência)
© 2004 Biblioteca Nacional de Portugal. Actualizado a 16.05.2007