Colecções
SÉRGIO, António, 1883-1969
BNP Esp. N70
Nótula sobre Nicolau Tolentino António Sérgio 1935 BNP Esp. N70/cx. 5
Nótula sobre Nicolau Tolentino
António Sérgio
1935
BNP Esp. N70/cx. 5

António Sérgio de Sousa, foi um dos intelectuais mais marcantes do século XX português. Oficial da Marinha até 1910, estudou em Genebra, onde foi influenciado pelos métodos pedagógicos de Dewey. Foi ministro da Instrução Pública na I República e opositor à Ditadura Militar e a Salazar, razão pela qual foi obrigado a exilar-se diversas vezes. Participou no MUNAF em 1943 e, em 1946, no MUD. Colaborou na Renascença Portuguesa e na Seara Nova e interveio activamente em questões pedagógicas e culturais. Célebre polemista, manteve um diálogo crítico com Teixeira de Pascoais, Carlos Malheiro Dias, José Marinho, Sant’Ana Dionísio, Abel Salasar, Bento de Jesus Caraça e António José Saraiva. Criou e dirigiu várias revistas e jornais, e, da sua vasta e influente bibliografia, destacam-se os seus Ensaios em 8 volumes, publicados entre 1920 e 1958.

A colecção (9 cx.) inclui manuscritos do autor, com destaque para 43 cadernos de apontamentos sobre temas diversos e alguma correspondência. Outra parte do espólio do autor encontra-se no Instituto António Sérgio para o Sector Cooperativo.

Esteve à guarda de Castelo Branco Chaves e foi doado por seu filho, Fernando Castelo Branco, em Abril de 2005.

Instrumento(s) de Pesquisa:
Guia preliminar
© 2004 Biblioteca Nacional de Portugal. Actualizado a 29.05.2007