Colecções
TRIGUEIROS, Luís Forjaz, 1915-2000
BNP Esp. N36

Jornalista, ficcionista, ensaísta, crítico literário e teatral, Luís Augusto de Sampaio Forjaz de Ricaldes Trigueiros nasceu e morreu em Lisboa. Estreou-se na ficção em 1936, com Caminho Sem Luz, que obteve o prémio Fialho de Almeida, e na actividade jornalística em 1931, no Notícias de Alcobaça. Colaborou, entre outros, no Bandarra, de que foi um dos fundadores, no Diário Popular, desde a fundação, em 1943, tendo sido seu director de 1946 a 1953, e no Diário de Notícias (1954-1974). Foi membro do Conselho Fiscal da Editora Bertrand de 1948 a 1951, data em que passou a administrador (até 1974) e director da Editora Nova Fronteira (Rio de Janeiro, 1975-1978). Dirigiu o Centro de Estudos Brasileiros do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas e foi agraciado com diversas condecorações.

A colecção (1 cx.) integra cartas recebidas, sobretudo de autores representados no ACPC.

Adquirida em leilão da Livraria Antiquária do Calhariz em Outubro de 2004.

Instrumento de Pesquisa:
Guia preliminar
© 2004 Biblioteca Nacional de Portugal. Actualizado a 16.05.2007